Rejeitada emenda que elevava tempo de estabilidade para funcionários dos Correios

Notícia
Espaço entre linhas+- ATamanho da letra+- Imprimir




A Câmara dos Deputados rejeitou por 263 votos a 160 uma emenda apresentada pelo PT ao PL dos Correios que aumentava de um ano e meio para cinco anos a previsão de estabilidade dos funcionários da estatal assim que ela for privatizada.

O texto-base foi aprovado no período da tarde desta quinta-feira pelo plenário da Câmara.

Após o plenário finalizar a deliberação dos destaques, a proposta poderá seguir para apreciação do Senado.

Notícia



Pará quer uso social para madeira de Belo Monte

O governo do Pará reagiu com indignação ao plano da concessionária Norte Energia, dona da hidrelétrica de Belo Monte, no Pará, que pretende transformar em carvão mais de 3,5 mil metros cúbicos de madeira, dos quais mais de 2 mil m³ são madeira nobre e protegida por lei federal...